Estamos olhando para o lado errado?

Estamos olhando para o lado errado?

“As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti, ai” – Cartola

É difícil mensurar o tamanho de uma catástrofe sem estar nela. Compará-la a outra, mais ainda. Há uma enxurrada de postagens sobre Mariana-MG, e outra grandiosa sobre a França e seu massacre, onde o Facebook oferece a oportunidade de alterar sua foto de perfil em solidariedade. Enfim, não podemos esquecer também o terremoto no Japão, país sempre castigado pela mãe natureza.

O mundo precisa de um tempo para ele mesmo, os países precisam entender os problemas dentro de suas fronteiras, os Estados buscar soluções para problemas seculares, assim como os municípios precisam trabalhar a sua individualidade em prol de seus habitantes, mas e esses habitantes que fazem parte de todos os conjuntos citados, o que precisam fazer? O presidente de uma nação é um habitante, um senador, um deputado, um governador, um vereador e um prefeito: todos habitantes. O que muda de um habitante para o outro é justamente o valor que vem de dentro, a essência, a vontade, o entendimento do mundo como uma força proativa de amor e crescimento coletivo, ou a simples vontade de engrandecimento pessoal e financeiro.

Por que o título “estamos olhando para o lado errado”? Há guerras familiares, há doenças mentais e de formação do indivíduo que hoje se propagam em escala mundial. O que esperar de um filho vítima de alienação parental quando ele vier a se tornar um adulto formado, mas exercendo um cargo político? É o momento propício para que todas as suas mazelas psicológicas possam ser colocadas em prática, entendidas como verdade absoluta e valor correto. Eis aqui um exemplo de micro delito, que com o passar dos anos e a impunidade do alienador cresce, cresce, cresce…

Mas para onde devemos olhar? Para dentro! Mas o que temos dentro de nós? Amor! E como utilizamos isso? Sem moderação!

Ninguém ainda se deu conta de que terroristas, bandidos, ladrões, assassinos, mães que abortam, pais que matam seus filhos a sangue frio e corruptos também amam? Sim, é verdade, eles amam…mas os valores fogem ao socialmente correto, mas é extremamente correto para a formação que eles receberam.

O mundo, sem perceber o dano de sua auto-sabotagem, fomenta atos de crueldade pelo simples fato de compartilhá-los. Quem também não se deu conta de que é divulgação que as pessoas querem? Que tal passarmos de ações reativas para as pró-ativas?

Amor, repita comigo, A-M-O-R… sim, rima com DOR, mas desconsidere isso e vamos fazer um exercício rápido, mas elucidador:

  1. Desligue o celular, a TV, o Rádio e seus pensamentos mais negativos
  2. Com caneta e papel em mãos, vamos iniciar um processo PFQ
  3. P: Escreva 5 fatos POSITIVOS
  4. Trace uma linha vertical ao lado deles
  5. F: Escreva 5 momentos FELIZES
  6. Trace outra linha vertical
  7. Q: Verifique as pessoas QUERIDAS nos dois itens anteriores; anote 5

Então, como foi o resultado? Bem-estar, felicidade e Amor fizeram parte do seu momento?

Todos nós, sem exceção, precisamos de apoio, carinho e atenção. Nosso modelo mental vez ou outra nos limita, mas de fora do olho furação há uma visão diferente, amiga e engrandecedora. Psicólogo não é coisa para maluco, mas sim um grande amigo – amiga querida no meu caso – que liga os traços do seu comportamento aos valores que você recebeu. Pensar diferente disso é a mesma coisa que achar que auditor quer ferrar o seu trabalho, quando na verdade ele busca por oportunidades de melhoria, justamente lendo a fotografia do que realmente existe.

Como eu sempre digo para um de meus filhos: “você nasceu para sorrir”. O sorriso pode ser apenas o emprego de alguns músculos da face, mas a essência dele vem de dentro, de uma reação que necessita mudar nossa respiração, humor, tônus mental e felicidade. O oceano é feito de uma infinidade de gotas, mas que se juntam para fazer as ondas, para os peixes viverem, para a calmaria e os maremotos. Nós, seres humanos, em número muito menor temos um poder destrutivo grande, mas e se essas “gotas humanas” resolverem criar o maior oceano do universo com positividade? Não haverá barragens que o segure…. mas para que barragens também?

E para onde devemos olhar então? Para dentro, para o próximo, para o que podemos ajudar no crescimento de todos. Conheça um bom exemplo de como se redescobrir com André Lima e o EFT (Emotional Freedom Techniques)

Suas atitudes (as rosas) simplesmente exalam o perfume que roubam te ti, ai!

Deixe um comentário

You have to agree to the comment policy.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?